Dia #02 – LONDRES

Acordei, nem sei que horas eram, tava tudo escuro e a tela que antes avisava faltar dez horas e meia para chegarmos a Londres, agora dizia faltar apenas 3 horas e meia. Bom dia!

Levantei, caminhei, fui ao banheiro, sentei, tentei assistir algo na minha tela e por fim café da manhã. (Não me perguntem o que é isso, a única coisa que sei é que falta sal. Ainda bem que vem sachê de sal e pimenta).

Chegamos em Londres! Ainda não tínhamos as dimensões da grandiosidade da cidade, mas do aeroporto de Heathow, isso tivemos noção sim! O aeroporto é enorme, limpo, organizado, muuuito bacana mesmo!

Hora da imigração 🙁 .. Comprovante da acomodação, comprovante de saída do país, comprovante de renda para o tempo de estada, comprovante de seguro de saúde, libra em espécie, euro no cartão, carteira de vacinação internacional, tudo reunido em uma pasta e a reposta para a pergunta “O que o senhor veio fazer em Londres?” já na ponta da língua”.. depois de 1 hora de fila (Brazil?) enfim, sou chamado e entrevistado. Sou calmo, estava firme e bem intencionado, logo; passaporte carimbado!

A Caterine ainda iria pegar a outro voo para Budapeste para visitar seu irmão, portanto, pegamos as malas e fomos atrás de um maleiro para guardar as malas dela. Com um pouco de trabalho achamos o locker, guardamos e a despachamos.

Proximo desafio: descobrir como chegar ao nosso hostel. Enquanto discutiamos a melhor maneira somos interrompidos por uma senhora: “Posso fazer uma entrevista com vocês sobre este aeroporto?”, “Yes, sure!”.. lá vai papo em inglês.. Maneiro! Por fim perguntamos sobre o melhor jeito de chegar ao endereço tal (hostel) e somos instruidos a ir de trem. Ok, compramos os bilhetes e fomos ao embarque com o nome das estações que deveriamos descer. Imagina só? Pegamos o trem errado, êba! Felizmente uma educada alma londrina que trabalha por lá, percebeu isso depois de 20 minutos de corrida e nos deixou voltar (em outro vagão, claro) para o aeroporto para pegarmos o trem correto (sem custos! (: )

Pegamos o trem certo (nada de fotos) e em uma hora e meia depois, entre troca de estação, algumas dicas de estranhos e sobre e desce de escadas, caímos na rua do nosso hostel (já às 8:15 da noite! Ufa!).

O hostel é tbm um Pub no primeiro andar e ele estava animadíssimo qdo chegamos, tanto que cheguei a duvidar que podia fazer check-in:
“Fiz umas reservas para esse hostel, onde posso fazer check-in?”
“Aqui mesmo! Muito prazer [estendeu a mão], sou a Elisângela, como você se chama?”

Claro que tudo em inglês (Apesar de uma das atendentes ser portuguesa e se mostrar disposta a ajudar na comunicação).. Moral da história, paguei logo 66 libras pelos 4 dias que ficarei. Muito simpáticas, muito bom tudo, mas a fome é black! Guardamos as malas em nosso dormitório (com apenas 16 camas, misto) e fomos descobrir London!

Encontramos um restaurante super bonito e estiloso e há 2 quarteirões. Entramos e pela simpatia da atendente se esforçando para que entendessemos tudo, resolvemos ficar! Pedi um salmão com uma porrada de coisas que não conheço.

12,5 libras. Extravagâncias a parte, acho que valeu a pena!
Quando tinha escolhido esse hostel, o motivo da escolha, entre outras coisas, foi a localização. Já sabia que ele era bem localizado, mas depois que saimos do restaurante, quando resolvemos dar umas voltas em sua redondezas que tivemos a noção da onde estávamos. É Londres na gema! Tô com tudo e não to proza kkk.. Curtam as fotos que batemos nas redondezas que eu já vou nessa, porque enquanto aí são 22:30, aqui já beira as 3 da manhã e a noite é curta e o dia é longo!

Isso aí povo, vê se comenta tá?? Senão paro de escrever kkk
Nooooite

Iniciante no Mundo
20/09/2013

0 thoughts on “Dia #02 – LONDRES

  1. Gustav! Adorei as fotos! =)
    A cidade realmente parece ser MARAVILHOSA!
    Você está a cara da RYQUEZA! kkkkkkkkk….
    Se cuida!
    (ps: Cuidado com os trens errados! 😛 )

  2. Aplausos por esta estada memorável na capital do império Britânico. Como tentei enviar sem sucesso das vezes anteriores, preocupa-me que esteja gastando muita grana nestes dias. Economize sem sacrifícios e continue mandando fotos comentadas para o nosso esclarecimento.

  3. O orçamento está controlado vô! Todos esses roteiros são bastante pechinchado antes de eu comprá-los. No mais a cidade é maravilhosa mesmo, e eu quero sair com a sensação de que apesar do pouco tempo, eu de fato a conheci.

  4. Adorando suas postagens meu amigo. Isso mesmo. Historias únicas que ficarão marcadas em vc pra sempre (até que outras novas e emocionantes aconteçam). Vou acomoanhar!!! #Congrats

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *